22 de fevereiro de 2008

GUERRA DAS DUAS ROSAS


A GUERRA DAS DUAS ROSAS



Em 22 de fevereiro de 1461, na Inglaterra, acontecia a segunda batalha de Saint Albans. Essa batalha, que faz parte da Guerra das Duas Rosas, teve como vencedor parcial a família Lancaster por meio de seu protegido Henrique Tudor.


De um lado os Lancaster, com a insígnia da Rosa Vermelha que apoiavam a rainha Margarida de Anjou e seu herdeiro ainda "de menor" Henrique IV.

De outro lado os York, com a Rosa Branca, rebelados contra a monarquia, exigiam que os Lancaster entregassem seus cargos.


A Guerra teve muits batalhas e durou trinta anos.


Perto do fim da Guerra, surge um personagem conhecido: Ricardo, Duque de Gloucester, auto-nomeado depois como "Ricardo III".


Na batalha sangrenta em Bosworth Field, a qual dez mil homens dos York foram derrotados por cinco mil homens do exército dos Lancaster, morreu Ricardo III, e assumiu o trono Henrique Tudor.


O sobrenome Tudor ainda faz parte da Coroa Britânica, tem por símbolo uma Rosa Vermelha-e-Branca.

2 comentários:

karina disse...

adorei o site .........

Diego disse...

É muito interessante esta história de intrigas entre a família York e a família Lancaster. Não é a toa que inspirou Game of Thrones...
Se trata de uma séria de intrigas que inicia com o fraco rei Henrique VI, que recebe um forte apoio e vence Ricardo de York. Depois o filho, Eduardo de York vinga o pai, tomando o trono e mantendo o antigo rei cativo, com o apoio de um barão que era conhecido como "fazedor de reis", o Barão de Wareick. E por aí vai...
A história da Guerra das Rosas parece que foram uma longa série de batalhas pelo poder travadas entre a família Lancaster e a família York.

Abraços!