23 de abril de 2004

Eu sei que é impossível eleger o melhor disco dos Beatles, são inúmeras músicas, uma melhor que a outra de diferentes fases da carreira do Fab Four, porém, colocarei aqui os meus preferidos.



Please Please Me

O primeiro disco do Beatles, marcado por canções como Love me Do, Taste of Honey, Please Please Me que já valem pelo disco inteiro, alguns podem dizer que são músicas ingênuas e etc, mas são muito boas, são ótimas para ficar balançando a cabeça e curtindo em uma festinha despretenciosa, não que o disco seja despretencioso, pelo contrário, mostra o quão competentes eram os Beatles que, com seu disco de estréia já mostraram porque são considerados a melhor banda do mundo (na minha opinião é o Pink Floyd, mas isso não vem ao caso). E Twiste and Shout é uma boa música, foi a primeira que eu ouvi deles, pena que se tornou meio chata pela sua super exposição. Enfim, é um disco bem legal.

Rubber Soul

Um disco fantástico, onde os Beatles deixam a "ingenuidade" de lado e começam a ingressar em uma viajem ao confins do psicodelismo, do rock and roll e das drogas. Isso pode ser percebido pelas letras e pelos arranjos mais complexos que os discos anteriores. Destaque para as músicas Norwegian Woo, Nowhere Man, Michelle, Girl, In My Life e If I Need Someone. Essa última composta por George Harisson, demonstrando que suas canções são excelentes e que não pode ser deixado em segundo plano.


Sargent Peppers Lonely Hearts Club Band

O que falar desse disco? Um marco na história da música, existe o antes e o depois do Sargente Peppers, psicodélico ao extremo, um disco muito alegre. Você ouve ele em uma segunda feira e esquece que é segunda feira, na verdade você esquece do mundo, entra em um universo paralelo onde o som tem cheiro e a cor tem gosto. É genial. Nesse disco percebemos a influência da música oriental, apresentada por George Harisson. Não vou destacar nenhum canção, deve ser ouvido por inteiro, tente escutar Sargent Peppers e não mudar seus conceitos sobre a música. Sem falar da capa ...

Abbey Road

Um disco tocante, belíssimo, talvez triste, mas excelente, fantástico. O último disco dos Beatles antes da separação. Eles usaram o sintetizador de forma perfeita, única. George Harrison apresenta sua mais bela cançao, Something, talvez a melhor cançao de amor que exista. Como disse o Regador, é visível o amadurecimento dos Beatles nesse disco em relação ao Sargent Peppers que, é "meio adolescente", no melhor sentido que a palavra pode ter é claro. Letras sérias e belos arranjos marcam o álbum que foi a despedida dos Beatles e não podia ser de forma mais fenomenal. É um disco perfeito.

Nenhum comentário: